Conheça mais sobre Limão

Nome

Chamado cientificamente de Citrus limon, o fruto do limoeiro tem seu nome

originário do persa: limú ou laimún. Essa fruta possui cerca de 70 variedades.

Entre elas, estão: limão-galego, limão-cravo, limão-siciliano e limão-tahiti.

Origem

Como a maioria dos frutos cítricos, o limão tem sua origem na Ásia, entre a

Índia e o Himalaia. Acredita-se que foi levado pelos Árabes para a Europa,

chegando à Espanha no início da Idade Média. Parece haver indícios de que

os romanos já usavam o limão como medicamento antes deste chegar à

Europa, com os árabes.

No auge das grandes navegações, no século XVI, chegou às Américas pelas

mãos de portugueses e espanhóis. Tornou-se popular no Brasil quando o país

foi atingido pela gripe espanhola, em 1918. Com a dificuldade de acesso a

remédios, especialmente pela população carente, o limão era um recurso

natural contra a gripe e por isso era vendido a preços altíssimos.

Propriedades nutricionais

A fruta é rica em vitamina C e ácido cítrico, além de estimular a absorção do

ferro não heme (o ferro – heme ou não heme – é um elemento essencial para

processos metabólicos como o transporte de oxigênio, o metabolismo oxidativo

e o crescimento celular).

A maior parte da vitamina encontra-se na casca, e não no suco do limão, como

muitos imaginam. A fruta também ajuda a estimular o sistema imunológico e

tem efeito bactericida e antibiótico.

Propriedades medicinais

Os principais minerais presentes nas diferentes partes do limão são: sílica,

cálcio, ferro, manganês e cobre. É rico também em vitaminas B1, B2 e B3 e

recomendado na prevenção de doenças do sistema nervoso. No fruto, há uma

substância chamada d-limoneno, princípio ativo também presente em sua

casca, que ajuda no combate à ansiedade, à depressão, ao câncer, além de

dissolver cálculos renais e desentupir artérias. É desintoxicante, alcalinizante

do organismo e rico em bioflavonoides, compostos com ação antioxidante.

Para limpar o organismo e preparar o sistema digestivo para a alimentação, é

recomendada a ingestão de um copo de água com suco de meio limão em

jejum, pois cicatriza os tecidos intestinais e elimina a putrefação. Na Índia, o

suco de limão é a bebida sagrada do desjejum matinal, agindo como agente de

purificação, regulação e antídoto de envenenamento ou intoxicação.

Curiosidades

Uma espécie de abelha, conhecida no nordeste do Brasil como iraxim, também

é chamada de limão pelo cheiro que exala, semelhante ao do fruto. Seu nome

científico é Lestrimelitta limao. Essa abelha é conhecida por “roubar” o mel de

outras espécies.

Além da gripe espanhola, ele teve atuação fundamental em 1742, quando era

enviado aos navios ingleses para ajudar a combater o escorbuto, doença que

surge pela falta de vitamina C e que levou muitos homens à morte. Era

bastante comum entre os marinheiros, que passavam meses em alto-mar sem

ingerir verduras e frutas frescas, devido à dificuldade de armazenagem.

O maior limão conhecido pesava 2,83 kg. Para limpar objetos de prata,

esfregue-os com cinza de cigarro e suco de limão.

Elimine as manchas de ferrugem em tecidos esfregando limão e sal no local.

Coloque a peça no sol até secar e lave com sabão.

Na Índia, a mulher escolhia o futuro marido fazendo-lhe uma estranha

declaração de amor: atirava-lhe um limão.

Amacie as cutículas da unha com suco de limão.

Se o móvel de madeira manchou com tinta de caneta, lave imediatamente com

água fria e depois esfregue com suco de limão.

Fontes: 

Revista dos Vegetarianos

http://www.cantinhovegetariano.com.br/2007/05/limao.html

http://revistadeciframe.com/2010/05/25/os-beneficios-do-limao/

Deixe uma resposta